sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Desfile Desliga da Justiça 2015

Extra, extra! Desfile do Desliga da Justiça 2015 supera expectativas e leva seus batuqueiros ao delírio!! kkkkk
 
 

Estava devendo um post sobre a atual gestão do Desliga da Justiça, mas o tempo do Aquaman agora é curto e dedicado ao Nemo. Rs Mas enfim segue um testículo que espero possa traduzir o que penso e o que sinto sobre este bloco crocante chamado Desliga da Justiça.

E realmente se confirmaram todas as suspeitas deste humilde espectador com relação a atual gestão da Rainha Má, se fosse definir o que assisti este ano em uma palavra seria: Profissionalismo.

Definitivamente o Desliga da Justiça entrou num novo patamar em 2015 e agora o padrão é este pra cima. Claro, sem desfazer de forma alguma das gestões anteriores, pois viemos de um crescimento contínuo ao longo dos anos, quem está no bloco desde o início sabe do que estou falando. Começamos num clima de aventura e ano após ano conseguimos aprender um pouco com cada desfile executado. Começando com a She-Ra, passando pelo Flash, pelo Zorro e finalmente com a Rainha Má, chegamos a um ponto em que o orgulho de fazer parte do bloco ficou nítido nos olhos de cada batuqueiro, cada músico, cada desliguete, enfim, de cada um dos vários parceiros e patrocinadores que nos ajudam a colocar o bloco na rua.






E quem organiza bloco de rua de forma séria no Rio de Janeiro sabe das dificuldades que são enfrentadas. Ter uma bateria afinada e ensaiada, passar por todo processo burocrático da prefeitura, angariar recursos, contratar serviços, carros de som e de apoio, organizar fantasias, churrascos, peladas, festas e shows, trabalho de divulgação, venda de camisetas, elaboração de ventanas e lembranças, ufa! Não é para qualquer um. Só de listar algumas das tarefas envolvidas já me deu um cansaço! Rs Não é mole não, realmente é coisa de herói!

E o enredo deste ano refletiu de forma fidedigna o sentimento de todos, realmente não faltaram declarações de amor ao bloco, ao espírito de alegria e de amizade que contagia todos os que participaram desta festa!



E nesta energia contagiante não se pode mais falar em batuqueiros antigos ou novos, estamos juntos e misturados. Lindo de ver o clima leve, a felicidade estampada e escancarada, tudo isso se refletindo no público. Não houve sequer um único tumulto, nenhum empurra empurra. Na plateia um público bem diversificado e de várias tribos compartilhavam o espaço como deve ser, crianças de todas as idades junto com os pais e avós curtindo a folia sem medo, sem receios, apenas boa diversão. Esse é definitivamente o verdadeiro clima, ou pelo menos deveria ser, da festa de rua do carnaval carioca. O Desliga da Justiça faz jus ao peso de abrir as festas carnavalescas na cidade maravilhosa. Se todos fossem no mundo iguais a você... ai, ai... apaixonante.

A bateria mais uma vez esteve afinadíssima, a qualidade do som excelente, a organização do evento impecável. Parabéns a todos os guerreiros e guerreiras que fazem isso tudo acontecer, vocês merecem todos aplausos e nossa gratidão. Impossível citar todos sem ser correr o risco de ser injusto esquecendo de alguém.




Parabéns a todos os batuqueiros que investiram tempo e energia para confeccionar com esmero fantasias lindas e caprichadas.





E por fim, nosso muito obrigado a nossa presidenta e toda a diretoria do Desliga da Justiça, vocês nos enchem de orgulho e satisfação!


E que venha 2016!!!!!!!! Huhuuuuuu!!!!!


terça-feira, 6 de maio de 2014

Extra! Extra! Bloco Desliga da Justiça tem nova presidenta.

É isso mesmo galera, como já disse o filósofo Pateta, eleita com 100% das cervejas apuradas, a Rainha Má é a nova Presidenta do Bloco Desliga da Justiça.







Dizem nos bastidores que nenhum super herói ou vilão ousou se candidatar e concorrer com ela com medo de algum feitiço, de virar sapo ou de adormecer bem no dia do desfile.

Brincadeira gente, a Rainha Má é uma especialista nesta arte carnavalesca que se tornou o movimento dos blocos no Rio de Janeiro. Ela mais do que ninguém será capaz de dar continuidade ao excelente trabalho realizado pelas gestões anteriores e agregar cada vez mais alegria e valor ao carnaval dos nossos queridos super heróis.

Parabéns Cris em nome de toda a nação Desliguense! Conte conosco!

Aquele abraço,
Aquaman

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Eleições Desliga da Justiça 2015

Despois de um desfile que ficará na memória do bloco pelo nível de qualidade, chegou o momento da passagem do bastão (no bom sentido é claro). O Zorro renunciou, foi cuidar da revolução Mexicana e novas eleições para o bloco estão em pleno vapor!




Ao Zorro e toda diretoria envolvida na organização do nosso carnaval em 2014 nosso muito obrigado.



O legado desta gestão irá perdurar e com certeza fez subir o sarrafo para os que ficarão à frente do bloco nos anos vindouros.

Agora vamos conhecer alguns de nossos candidatos para a presidência do bloco Desliga da Justiça para 2015!! Boa diversão.

Abraços,
Aquaman














quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Repercussão do Desfile do Desliga da Justiça 2014 na mídia

http://odia.ig.com.br/diversao/carnaval/2014-02-16/blocos-vao-agitar-o-rio-nesta-semana.html




http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/02/blocos-de-carnaval-ja-tomam-ruas-do-rio-de-janeiro.html

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/carnaval/2014/noticia/2014/02/desliga-da-justica-atrai-folioes-e-lota-praca-na-gavea-na-zona-sul-do-rio.html

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,bloco-desliga-da-justica-reune-4-mil-pessoas-no-rio,1130775,0.htm





http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/carnaval/2014/fotos/2014/02/fotos-blocos-agitam-ruas-do-rio-neste-sabado.html#F1107552







http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/02/rio-vive-sabado-de-carnaval-faltando-mais-de-duas-semanas-para-o-feriado.html

http://www.sidneyrezende.com/noticia/224655+blocos+desfilam+pelas+ruas+do+rio








http://vejario.abril.com.br/especial/ensaios-blocos-rua-carnaval-771298.shtml





Abre-alas - Por Celso Chagas

Nosso canário desliguense, vulgo Coringa, assina uma coluna semanal de cultura na intranet de sua empresa e resolveu falar do nosso querido bloco. Segue o texto que nas palavras do autor significa "um libelo de alegria, orgulho e amizade, ingredientes essenciais ao nosso bloco."


 
  
 
Sexta-feira 14 de fevereiro de 2014

Abre-alas

Por Celso Chagas

 Eu quero botar meu bloco na rua, música de Sérgio Sampaio, sempre esteve em meus ouvidos, seja em casa, quando os mais velhos cantavam, ou depois, na trilha musical da minha vida. Sempre imaginei que, de alguma forma, poderia colocar meu bloco na rua um dia. Mesmo que, conceitualmente, só colocá-lo na rua representasse ganhar independência, dinheiro, namoros ou só curtir mesmo.
Depois dos carnavais da infância (fantasiado de bate-bola, em Madureira), dos desfiles das escolas de samba na Avenida Rio Branco (vestido de super-herói) e da fuga do Rio nos anos 1990 para curtir o carnaval de Minas e da Bahia (disfarçado de mim mesmo), em 2008 entrei na oficina de percussão do bloco Quizomba, no Circo Voador.
A essa altura, a marcha-rancho de Sampaio já ecoava atualizada na versão do Monobloco, espécie de bloco-marco-zero para o movimento que só cresceria nos anos seguintes. A composição me lembrando, de novo e em outra fase da vida, de colocar o bloco na rua.
O momento era ideal: na noite da Lapa já se ouviam os batuques das oficinas do Quizomba e do Bangalafumenga, este na Fundição Progresso, só para citar dois dos muitos em atividade. O Mono ensaiava em Copacabana.
Territorialidade não era problema: independentemente do onde, batuqueiros começaram a formar células, agrupadas em um corpo com DNA específico, mas totalmente aberto à miscigenação musical. Aquilo gerou uma cena, um quase movimento... E fez surgir uma rede enorme de amigos, unidos pelo amor ao ritmo, à vida e à folia.
A técnica d’O Passo, do mestre Lucas Ciavatta, teve papel definidor para o crescimento do número de blocos de rua do carnaval carioca, considerando a proliferação que acontece até hoje depois do Monobloco. Criado em 1996, O Passo é um método de educação musical que permite a qualquer cidadão aprender a tocar um instrumento, em contraponto ao acesso à prática musical, muitas vezes acadêmico e seletivo demais. 
Como consequência de sua simplicidade e efetividade, O Passo fez surgir hordas de interessados nas oficinas. No Quizomba, me dediquei aos surdos – o chamado surdo de primeira (que dita a cadência de toda a bateria), o de segunda (que faz contraponto, responde ao de primeira).
De certa forma, a logomarca do Monobloco – um robozinho estilizado tocando surdo – sempre me mostrou, ao contrário daqueles que o classificam como um instrumento monótono, a responsabilidade de tocá-lo certo, com precisão, pra orientar o ritmo de uma bateria inteira. Haja braço. A Mangueira só usa o surdo de primeira em sua bateria: alguém já reparou nas frases pintadas nas peles dos instrumentos da Verde e Rosa (Bateria Surdo Um – bate um, bate geral, por exemplo)?
Do surdo pulei para o microfone em 2010, quando, com alguns amigos, fundei o Bloco Desliga da Justiça, com o qual me apresento amanhã, na Praça Santos Dumont, conhecida como Baixo Gávea, a partir das 10 horas. Sou cantor e um dos compositores do bloco. O colega leitor está convidado a assistir ao espetáculo, preparado para abrir o Carnaval de rua carioca com a benção de todos os santos, ritmos, blocos e órgãos do governo. Hoje em dia, o Desliga se firmou como uma alternativa para famílias, crianças, idosos e toda  sorte de foliões – a praça onde tocamos fica tomada por um público heterogêneo e pacífico, características reconhecidas por autoridades, órgãos de fiscalização, associações de moradores e pela Prefeitura do Rio. Ano passado reunimos mais de 9 mil foliões, sem registro de briga ou qualquer outro tipo de confusão.
Pelo quinto ano vamos colocar o bloco na rua. Que venham muitos outros anos!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O mundo fantástico da Desligolândia





Imagine um mundo onde todos são superamigos, onde reina uma harmonia afinada com o ritmo das batidas dos corações dos batuqueiros. Imagina ainda que nesse mundo há uma praia limpa de areia branca e um lindo horizonte para relaxar os pensamentos. Pois é, esse lugar existe e fica em Saquarema, trata-se do mundo fantástico da Desligolândia.

Nosso ensaio na praia foi um sucesso, o Desliga aportou em Saquarema neste fim de semana numa festa que já deixa saudades. Quando é o próximo ensaio na praia mesmo? Daqui um mês? Semana que vem? Rs. O ensaio a beira mar foi uma oportunidade para que os novatos sintam o clima do carnaval, o Desliga toca de forma leve e descontraída, se não for pra ser divertido não faz sentido, mas tocamos também com responsabilidade. A cerva é liberada, mas não podemos deixar a peteca cair, “também é necessário manter a concentração pra não errar a mão e fazer bonito”, essas foram as sábias palavras de nosso mestre Roque. Parabéns Super Shock, sua bateria foi muito elogiada, agora é manter a galera focada nos ensaios.

Nossos sinceros agradecimentos a Carlinhos e Mirian, que mais uma vez abriram as portas de sua casa para nosso bloco passar. A sede náutica do Desliga está um brinco, a decoração ficou maravilhosa. Na opinião deste humilde narrador, o Desliga na Praia 2013 foi uma das melhores festas promovidas pelo bloco em sua história e com certeza elevou o patamar de exigência dos batuqueiros. Parabéns a todos os envolvidos na organização do evento. Muita cerva, fartura no churrasco e mesa completa de doces para as “crianças”. Até os detalhes da identificação das portas dos banheiros faziam a gente dar gargalhadas.

A roda de samba com a velha guarda de Saquarema também foi um show à parte, tivemos a participação especial de Rodrigo Moreira, o Lanterna Verde, e de Joana Rychter, a Hera Venenosa. A convocação geral do cantor da velha guarda fez a alegria dos batuqueiros de plantão que invadiram a roda. Naquele momento o gramado da sede náutica mais parecia um parque de diversões para os batuqueiros que acompanhavam a roda de samba batendo na palma da mão, batendo na cadeira, batendo nas mesas, enfim, sedentos para pegar os instrumentos e cair na batucada. No início parecia que “ia dar ruim”, kkkkkk, mas no final tava tudo certo, o que importa mesmo é a alegria e a confraternização. Depois da roda de samba foi a vez dos nossos DJ`s mandarem super bem incendiando a pista de dança com o suingue característico das festas do Desliga.

Aliás, essas festas do Desliga da Justiça são mesmo um luxo, até os penetras são diferenciados, tivemos alguns penetras franceses que passavam por ali e foram atraídos pela bagunça. De acordo com os relatos, eles foram entrando aos poucos, degrau por degrau, vendo se ia rolar algum xabú. kkkk Só no Brasil mesmo pra encontrar uma festa daquele nível e uma galera que acabou interagindo com os gringos e os absorvendo no meio da festa. Aqueles ali terão histórias pra contar em sua terra natal.

Grande Abraço,
Aquaman


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

A matéria verdadeira

A foto utilizada no texto do Batman na verdade se refere a estas reportagens:

Batman e outros mascarados são presos em protesto





Um dia após ser detido batman volta ruas para apoiar professores no RJ



É isso aí, mais cidadãos comuns mostrando que tem super poderes. Estão mais que convidados para aparecer lá no nosso desfile em 2014.

Abraços!
Aquaman