terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Conheça os batuqueiros - Maysa Salles da Costa Lima



Conhecido(a) como: Maysa no Rio de Janeiro, Mazó em São Paulo

Super herói ou heroína: Marilyn Monroe, heroína da sensualidade; de Arthur Miller, Kennedy e todo o público masculino

Instrumento: caixa

Escola: Quizomba, Escola Portátil de Música, Canto pra Viver e Escola da Vida


Breve histórico: Minha infância e adolescência foram difíceis. Não conheci meu pai, minha mãe tinha problemas mentais, por isso, transitei de orfanato em orfanato. Batalhei muito pra sobreviver, até que as lentes de um fotógrafo me descobriram. Virei modelo fotográfica, atriz e ganhei muita popularidade. De Norma Jeane a Marilyn Monroe, recebi o título de símbolo sexual. Casei duas vezes, mas era apaixonada de verdade por John Kennedy, com quem mantive um caso “secreto”.

Vivendo na Califórnia, não pude conhecer a verdadeira essência do carnaval. Certo dia, fui convidada para ser madrinha da bateria em uma escola de samba do Rio de Janeiro. Quando pisei na Sapucaí foi amor a primeira vista. Eu me entreguei ao samba e à energia contagiante dessa gente bronzeada que bem sabe o seu valor. Desfilei pelas calçadas de Copacabana de biquini, fui contratada para desfilar no Fashion Rio, comprei um apartamento de frente pro mar e nunca mais voltei. Nem Arthur Miller, nem John Kennedy. O meu caso de amor passou a ser com a cidade maravilhosa.

Profissão: Bióloga e batuqueira de botequim

Hobby: a música, claro

Frase: “Happy birthday to you, Mr. President.”

Escola de samba: Portela e Império Serrano

Referência na música: Noel Rosa, Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareh, Billie Holliday, Zé Ketti, Egberto Gismonti, Hermeto Paschoal, Maria Bethânia, Chico Buarque e muitos outros

Carnaval é: Chuva, suor e cerveja

Bloco Desliga é: Chuva, suor e cerveja entre amigos


Nenhum comentário:

Postar um comentário